Fonte de alimentação sem regulagem de tensão

Nem toda fonte de alimentação possui regulagem de tensão. Isso significa que a tensão pode oscilar na saída. Normalmente fontes mais baratas e que vão alimentar equipamentos que não requerem uma saída estabilizada são encontradas no mercado.

Porém a questão é que nem todo equipamento deve ser alimentado com uma fonte desse tipo. Eu mesmo tenho uma dessas fontes, cuja especificação indica que a saída são 10 Volts. Porém, ao medir com o multímetro encontro uma leitura de quase 17 Volts. É uma diferença muito grande. Então como funciona isso?

Essa variação está diretamente ligada aos dispositivos que serão ligados a essa fonte. Ou seja, faz parte do projeto desse tipo de fonte mais barata. Ou seja, o que vou explicar aqui é algo que não deveria ser feito, mas por vezes esbarramos com algumas. A tensão está elevada porque essa fonte não tem uma boa capacidade de fornecimento de corrente. Assim, ao ligar um dispositivo na sua saída esse consome corrente. Corrente que a fonte não consegue suprir de forma suficiente. Então para manter a potência estável a tensão cai. A fórmula de potência diz que: P = V x I. Essa é a razão pela qual a tensão cai.

Eu fiz um vídeo para mostrar isso na prática. Veja que ao ligar uma lâmpada e medir com o multímetro não temos mais os 17 Volts e sim uma tensão mais baixas. Porém essa tensão mais baixa ainda não está perto dos 10 Volts especificados por essa fonte. Ou seja, ela atende bem para ligar dispositivos genéricos que possam tolerar em seu funcionamento uma faixa de tensão. Mas para o caso onde se precisa de uma saída estabilizada, garantindo que a tensão seja estável, essa fonte não é indicada.

 

Meu nome é Alex Baroni. Sou músico e professor do curso de eletrônica para áudio – Curso Baroni.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *