Pisca LED mais fácil que esse, não existe

Algumas vezes nos deparamos com alguma necessidade de fazer com que um LED pisque. Sabemos que é absolutamente possível fazer isso.
Várias são as configurações disponíveis para que isso ocorra. A mais comum delas talvez seja o multivibrador astável, onde 2 transistores fazem algo tipo um “gangorra” invertendo a sua comutação de acordo com a rede de resistores e capacitores. Dessa forma, podemos ligar um LED em um dos lados do transistor e o mesmo irá piscar na frequência dessa “gangorra”.
Porém existe uma forma mais simples. Se você não está interessado na frequência das piscadas, é possível comprar em uma loja de eletrônica um LED que naturalmente pisca. Sei que muitos conhecem esse LED, mas em minhas aulas vejo a surpresa também de muitos alunos que nunca ouviram falar desse componente.

LEDs
LEDs

Por isso fiz um vídeo que pode ser visto abaixo onde falo especificamente sobre esse componente. A sua essência é a de um LED e a tensão de funcionamento é normalmente a mesma de um LED tradicional. Assim sendo, há necessidade de usar um resistor limitador de corrente para o seu correto funcionamento. Então já sabe, Lei de Ohm aplicada e ache o valor do resistor limitador.
É claro que conforme eu mencionei ele vai piscar em uma frequência que não podemos interferir. Então se você precisa de piscadas em um ritmo diferente a única saída será montar um circuito. Fica a dica para você.
Assista no vídeo abaixo mais detalhes sobre o LED pisca-pisca.

 

Meu nome é Alex Baroni. Sou músico e professor do curso de eletrônica para áudio – Curso Baroni.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *