Você nunca montou um pisca pisca LED mais fácil que esse!

Você já parou para se perguntar como funciona o pisca-pisca de uma árvore de natal? Mas veja bem, estou falando daqueles antigos que usavam lâmpadas e não dos atuais de LEDs.
As várias lâmpadas estão ligadas em série. Dessa forma se cada uma delas precisa, por exemplo, de 11 Volts para funcionar, ao ligar em série umas 12 delas, será possível ligar esse conjunto todo diretamente na tomada elétrica de 127 Volts.
E para piscar? Bom eles desenvolveram lâmpadas que naturalmente piscavam. Aí eles instalavam essa lâmpada como a primeira do conjunto sem série e quando ela piscava, todo o conjunto ligado a ela também piscava, devido a ligação em série. Isso explica o fato de que quando 1 só lâmpada queimava, várias delas não acendiam. Elas não tinham queimado. Era tão somente a corrente que deixou de circular por elas devido à 1 lâmpada qualquer que tinha queimado.
Esse mesmo conceito é possível de ser montado com o uso de LEDs. Eu já falei para você em um vídeo sobre o LED pisca. É um LED que naturalmente pisca. Então se ligarmos esse LED pisca junto com vários outros LEDs em série podemos montar algo como o pisca-pisca que falamos agora pouco. Seria uma forma simples de fazer piscar vários LEDs na mesma frequência sem usar outros componentes como transistores ou relês.

LEDs
LEDs

Só atente para a polaridade dos LEDs, pois caso contrário não irá funcionar. Lembre-se também que quanto mais LEDs maior deverá ser a tensão a ser usada, já que ela será dividida entre todos os LEDs. Use a Lei de Ohm para calcular o resistor limitador.
Assista o vídeo que vai ficar mais claro essa ideia toda. Além disso tudo que mencionei, um outro fato relevante é que os LEDs precisam de uma corrente contínua para funcionarem. Já as lâmpadas incandescentes podem acender em CC ou CA.

 

Meu nome é Alex Baroni. Sou músico e professor do curso de eletrônica para áudio – Curso Baroni.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *